Carregando...
JusBrasil - Política
20 de abril de 2014

Teatro de Fantoches leva lições de cidadania para crianças no Pinheirinho

Publicado por Prefeitura Municipal de Curitiba (extraído pelo JusBrasil) - 3 anos atrás

LEIAM 0 NÃO LEIAM

Crianças de escolas municipais e de Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) da regional do Pinheirinho terão uma forma diferente para aprender mais sobre cidadania. Nesta segunda-feira (12) o núcleo da Guarda Municipal do Pinheirinho recebeu um kit para o programa Teatro de Fantoches. O material inclui barraca, bonecos de fantoche, microfones, caixas de som e uma mesa de som.

Os equipamentos foram comprados em uma parceria entre a Secretaria Municipal da Defesa Social e a Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab). Segundo o chefe da Guarda Municipal do núcleo do Pinheirinho, inspetor João Batista, em conversas com membros da Cohab viu-se a necessidade de tratar temas de educação ambiental com crianças que moram em áreas irregulares no Pinheirinho.

"Incentivar que não joguem lixo nos rios e preservem o meio ambiente é nosso objetivo. Quando trabalhamos com o tema trânsito, por exemplo, as crianças viram multiplicadoras de informação, cobram dos pais atitudes corretas no trânsito", disse João Batista.

Na regional Pinheirinho trabalham 136 guardas municipais. Destes, 6 guardas foram treinados e trabalham com o Teatro de Fantoches em escolas e creches municipais, em parceria com a Secretaria Municipal da Educação. "Todos são voluntários e trabalham em escolas", disse o inspetor João Batista. "Para trabalhar no programa tem que gostar da atividade, ter o perfil e ser voluntário", completou.

História

O programa Teatro de Fantoches foi criado em 1990 pela Guarda Municipal e realizava apresentações com apenas dois personagens na sede da Guarda. Hoje são sete equipes que trabalham com o Teatro de Fantoches e o programa virou referência nacional na área de defesa social.

A supervisora Leoni Olbadowski Ledur coordena as apresentações da regional Pinheirinho e também representa com os fantoches. A regional tem cinco peças preparadas para apresentação, que tratam de temas como higiene, bullying (violência física ou psicológica nas escolas) e drogas. A faixa de idade do público é de 2 a 5 anos nos Cmeis e de crianças de 1.ª a 4.ª séries.

"Adaptamos as peças para cada tipo de público, pois além de crianças também fazemos apresentações para adultos. As crianças gostam do guarda Leo e da guarda Rita. Elas interagem bastante durante as peças e chamam os fantoches dos guardas" , disse a supervisora Leoni, que faz as vozes femininas nas peças. "O retorno das crianças é muito bom" , disse.

O diretor de promoção da Defesa Comunitária, inspetor Carlos Celso dos Santos Junior, falou sobre o papel que os guardas municipais têm na área da prevenção e da defesa comunitária. "Nós da Guarda Municipal vamos além da segurança. Nós também somos educadores e com o Teatro de Fantoches conseguimos apresentar algo a mais. As peças que são apresentadas são criadas por nós guardas", disse.

Odgar Nunes Cardoso, diretor da Guarda Municipal, afirmou que o Teatro de Fantoches também pode ser usado para serem passadas informações para os próprios guardas."Tratamos os assuntos de forma mais leve e lúdica", disse.

 

0 Comentários

Faça um comentário construtivo abaixo e ganhe votos da comunidade!

Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula.

ou

Disponível em: http://pref-curitiba.jusbrasil.com.br/politica/5239033/teatro-de-fantoches-leva-licoes-de-cidadania-para-criancas-no-pinheirinho